segunda-feira, 27 de maio de 2013

QUINTA FASE - OS 12 MINICONTOS

QUINTO ROUND!

NA EQUIPE RAPIDNHOS:

FLORA MEDEIROS X MUTANTE X RAMON RUFO

NA EQUIPE OS CONTIDOS

ANIMA BREVIS X CASTEL X RERMAN RESTO

NA EQUIPE INSÓLITOS

QUARTZO ROSA X PRESSUPOSTO EPISTEMOLÓGICO X REGIS GUERRA

NA EQUIPE MAX MINIS

ANA LINA X HITCHCOCK X JULIANO MONTERROSO

DE CADA EQUIPE, APENAS DOIS AVANÇARÃO PARA A FASE FINAL.
QUEM LEVARÁ O NOCAUTE NESTA RODADA?
FAÇAM SUAS APOSTAS!

APRESENTAMOS:

A QUINTA FASE DO I CONCURSO DE MINICONTOS AUTORES S/A

       Olá, meus amigos e amigas!

         Momento de decisão no Autores S/A. Quem avançará para a Fase Final do concurso? Semana que vem iremos descobrir quem será o grande vencedor.
         Nesta etapa, os jurados trocaram temas, uns com os outros. Será que os autores preparam textos à altura? Já já vocês saberão! E como ficou a nossa “guerra dos sexos” em cada equipe? Vamos conferir!

         EQUIPE RAPIDINHOS, DE ANDRÉ SANT’ANNA:

Flora Medeiros (SP) – Ramon Rufo (BA) – Mutante (SP)

         Aqui, temos dois homens e uma mulher. Seria Flora Medeiros, a mulher? Embate equilibrado!

EQUIPE OS CONTIDOS, DE MARCOS PASCHE:

Anima Brevis (DF) – Castel (RJ) – Rerman Resto (PR)

Como na equipe de André, aqui também figuram dois homens e uma única mulher. Quem seria?
        
EQUIPE INSÓLITOS, DE PAULO FODRA

QUARTZO ROSA (RS) – PRESSUPOSTO EPISTEMOLÓGICO (RJ) – REGIS GUERRA (PR)

         Desde o princípio do concurso, tem predominado, na equipe de Paulo, a aura feminina. Hoje, temos duas mulheres contra um homem. Ou seja: ao menos uma delas já tem lugar garantido na fase final.

EQUIPE MAX MINIS, DE LEILA MÍCCOLIS

HITCHCOCK (BA) – ANA LINA (DF) – JULIANO MONTERROSO (JAPÃO)

         A única mulher da equipe fora eliminada, na última etapa: Mignone. Aqui, o domínio é masculino. Quem diria, hein, Leila?

         Curiosamente, chegamos à seguinte divisão geográfica: Um autor de Saitama, Japão; um autor do Rio Grande do Sul; dois autores da Bahia; dois do Paraná; dois do Distrito Federal; dois do Rio de Janeiro e dois de São Paulo, totalizando 12.




         Nesta etapa, os autores elaboraram dois minicontos: um sob a temática escolhida pelo jurado da equipe adversária e um sob a temática do “SMS” (Mensagem de celular). Quem levou a melhor?




         AGORA, QUE TAL MERGULHARMOS NOS MINICONTOS? ANTES, UM AVISO:
         VOCÊS, LEITORES E AUTORES, PODERÃO VOTAR NOS PARTICIPANTES FAVORITOS (DE CADA EQUIPE) DE VOCÊS! PARA AJUDAR O SEU FAVORITO A IR DIRETO PARA A FINAL, DIGA O PSEUDÔNIMO DELE NOS COMENTÁRIOS DO POST. MAS LEMBRE-SE: SEU VOTO SÓ SERÁ VALIDADO SE O SEU COMENTÁRIO TIVER SIDO FEITO PELA CONTA DO GOOGLE. ANÔNIMO E COM NOME NÃO VALERÁ. ALÉM DISSO, VOCÊ DEVERÁ INDICAR UM DE CADA EQUIPE.
         BOA LEITURA A TODOS!


MINICONTOS DA QUINTA FASE


EQUIPE: RAPIDINHOS
JURADO: ANDRÉ SANT’ANNA

TEMA: PORNOGRAFIA

Pseudônimo: Flora Medeiros
Título: Falta de hábito                                                                                 

Ainda era noviça quando foi expulsa do convento. Esperta, gostava muito de ler.
—Tentamos de tudo para encaminhar a Maria Clara. Mas, infelizmente, sua filha não pode permanecer conosco. Uma menina que lê Marquês de Sade e o Kama Sutra é uma péssima influência para as outras.
Aí, saiu da teoria. E resolveu praticar.
Depois de ver Garganta Profunda, comprou um vibrador. Para treinar. Tinha perdido o hábito.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”
 
Pseudônimo: Flora Medeiros
Título: Amizade colorida

Foram nove meses de muita amizade e pouca coragem.  Até que Guto tomou a iniciativa. Por SMS: “Beto, sei que eu posso acabar com a nossa amizade, mas não tem problema. Ser só seu amigo é pouco pra mim. Te amo.”

TEMA: PORNOGRAFIA

Pseudônimo: Ramon Rufo
Título: Sábado, duas da manhã

Continuou de olhos fitos na garota, que parecia retribuir-lhe o interesse espantosamente. Por fim, deixou escapar um grito abafado, enquanto subiam os créditos.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Ramon Rufo
Título: Ultimato

“se eu te pegar com aquela vagabunda te mato”
Não faltou aviso. Faltou bateria.

TEMA: PORNOGRAFIA

Pseudônimo: Mutante
Título: Na precisão

No controle remoto da TV, ela digita a senha do canal proibido. Excitada, suas mãos começam a trabalhar. Em alguns minutos, desiste contrariada, pois nem assim ele levanta!

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Mutante
Título: Raízes

Deixei o vovô lá no sertão da seca eterna. Ele ainda insiste no plantio. Suas sementes não criam raízes e vovô continua plantado.

EQUIPE: OS CONTIDOS
JURADO: MARCOS PASCHE

TEMA: MANEQUIM

Pseudônimo: Anima Brevis
Título: Fonte dos desejos

Na Fontana Di Trevi, jogou uma moeda por cima do ombro esquerdo, esticando com vírgulas, em tom de deboche, um pedido-mantra: "Que eu fique eternamente jovem, que meu peso nunca aumente, que meus seios jamais caiam.". Amanheceu manequim.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Anima Brevis
Título: Acabou

Pedro, acabou faz uma hora. Deu tudo certo. Não tem mais nada dentro de mim. A única coisa que nos une de agora em diante é este vermelho nas nossas mãos.
                                                                                              17h32, 20 dez

TEMA: MANEQUIM

Pseudônimo: Rerman Resto
Título: Vestida de boneca

Espalha seu perfume pela sala que os olhinhos vasculham. Então, é
aqui a casa do artista? Noto o cabelo à Gibson girl e as pernas
maravilhosas no vestido curto com um véu de pontos brilhantes. Vestida
de boneca, quase digo. Segue meu olhar ao observá-la. Olha aqui, não
sou uma garota qualquer... Traz uma pequena bolsa sobre a qual
deposita levemente o braço. Outra coisa: não sou modelo! Isso é coisa
de vagabunda! Sou manequim! De alta costura. Tomo sua mão, levo-a até
o estúdio. De repente, tira a roupa, puxa a bancada, ri de mim. Não
queria me pintar? Estou pronta!  Exibe-se retirando da bolsa um
chicotinho aos gritos: Bata-me! Bata-me!

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Rerman Resto
Título: Teodoro

– Olamor  :))))  Eaí?
– oi gata  blza?
– Teodoro, meu amor  Só penso em você s2
– teodoro?
– Sim, meu amor sua maluquinha
– quem é teodoro, neusa?
– Não sei Por quê?
– tah me chamando teodoro  porra! como q não sabe?
quem eh esse tal teodoro?
– IDIOTA!  EU DISSE TE ADORO!
– disse o kct!

TEMA: MANEQUIM

Pseudônimo: Castel  
Título: Vendido

No dia em que decidiu vender a loja de roupas abraçou a manequim que estava lá havia quinze anos e chorou em seu ombro. Ela não tinha vida, mas ele tinha uma vida com ela.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Castel
Título: Fora da História

“Funcionou. Estou no futuro!”, dizia a mensagem no telefone celular que tive que destruir em seguida. E, silenciosamente, comemorei aquela grandiosa — porém incógnita — conquista científica.

EQUIPE: INSÓLITOS
JURADO: PAULO FODRA

TEMA: DEUS

Pseudônimo: Pressuposto Epistemológico
Título: Blá blá blá

Esse assunto cansa. É sempre a mesma coisa, a mesma ladainha. Por que as pessoas insistem tanto? Por que tanta necessidade de haver Alguém?
Um saco. Se a coisa fica preta, “ora que melhora”. Se está tudo bem, “agradeça”! Como se houvesse Alguém pra ouvir...
Está achando que é brincadeira? Não é. Olha pro lado, vê aquele desgraçado ali? Pois é, conheço o cara, ele orou e não melhorou. Ou esqueceu de agradecer?
Leu o jornal hoje? Não deve ter lido... Ou leu e achou que a menininha assassinada era o demônio, e o Pai, o grande Juiz.
Cada coisa nesse mundo, e você ainda vem com esse papo de Deus pra lá,  Deus pra cá...
Bem, é isso. Cada um com o seu cada um. Preciso ir agora. Minha filhota nasceu. Uma fofura. Se a mulher está bem? Se tá! Graças a Deus, correu tudo bem na cirurgia.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Pressuposto Epistemológico
Título: Não esquece

Qdo sair compra cigarro varejo pra gente. Tô s/maço, parei de fumar. J

TEMA: DEUS

Pseudônimo: Quartzo Rosa
Título: Eternamente ATEU

Cria apenas no que via. Do resto? Ria. A morte, que não desgruda da vida, um belo dia, sentou-se sorrateiramente ao seu lado... E o obrigou a ir.
Com ela cruzou a ponte, rasgou o horizonte.
A Fé correu feliz ao seu encontro, a fim de levá-lo a Deus!
Não foi. Passou rasteiro por ela. Seus olhos jamais enxergaram o invisível.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Quartzo Rosa
Título: Era descartável

O último celular trocara com bem menos tempo de relação. Agora era chegada a vez do outro objeto íntimo pessoal, que já beirava os sessenta dias de uso.
Resolveu o problema: enviou logo um SMS, afinal, o modelito alto, forte, com olhos esmeraldas era bem mais atual!

TEMA: DEUS

Pseudônimo: Regis Guerra
Título: Visita

Um dia, Deus decidiu baixar na terra. Esperava que sua aparição arejasse a empoeirada alma humana. Para demonstrar predileção pelos mais simples, decidiu que sua chegada seria no pequeno município de Avejão.
Os céus se abrindo, luz dourada, trombetas de anjos - Deus usou todos os clichês para que as pessoas o reconhecessem imediatamente. Ao chegar, entrou na primeira construção que avistou – uma repartição pública. Entrou flutuando, envolto em luzes. Convocou as pessoas. Outra vez os clichês: sua voz, seguida de raios e trovões, fez a sala tremer. Em vão. Havia apenas um homem ao canto que não deixou de pitar seu cigarro e bebericar seu café. Indignado, Deus indagou: “Não temes diante de minha sagrada presença?”. O homem deu mais uma tragada em seu cigarro, bebericou outro gole do copo plástico e respondeu: “Lamento senhor, aqui nada é mais sagrado do que a hora do cafezinho”.   

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Regis Guerra
Título: Ilha Deserta

Estou SÓ e sem SOS. Essa prece, parece, é meu último SMS.


EQUIPE: MAX MINIS
JURADA: LEILA MÍCCOLIS

TEMA: PECADO

Pseudônimo: Juliano Monterroso
Título: Livre-arbítrio

Olhou com revolta para o quadro na parede, no qual se lia: Não matarás. E, enxugando as lágrimas, começou a pressionar o travesseiro contra o rosto da esposa, que, havia dez anos, encontrava-se em estado vegetativo.


DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Juliano Monterroso
Título: Torpedo

Ao celular do homem-bomba chega a mensagem da esposa:
Não se atrase para o jantar.

TEMA: PECADO

Pseudônimo: Ana Lina
Título: Há vaga

Debaixo da unha ainda tinha brilho.
Disa, assim conhecida no beco da lacraia, na infância tinha sido Léo. Sonhava ser famosa, aplaudida seja onde fosse. Às vezes cantava numa boate ali perto.
Naquela madrugada, com o ruído da sinuca lotada debaixo do seu quarto, e um tamborim gritando um carnaval insone, ela fez uma maquiagem rápida: pouco brilho nos olhos com gigantescos cílios. Colocou o perfume na nuca como reza de proteção e de frente ao espelho, já de salto, apertou o espartilho. Linda. Era só o que faltava para que a porta se abrisse minutos depois.
Recebeu um senhor como sempre recebia senhores no mesmo horário. Esse não demorou muito.
A peruca arrancada. Disa caída sobre a cortina do chuveiro, no azulejo frio. Apenas um cílio pendurado no olho. Ninguém ouviu.
No dia seguinte, ela era conhecida em todas as bancas. Nos classificados, o quarto já anunciava a vaga.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Ana Lina
Título: Só Mais Só

Hoje a mensagem foi pela metade. Eles se entenderam pela metade.
Ontem o que ele sentia não chegou.  Faltava sinal no outro.

TEMA: PECADO

Pseudônimo: Hitchcock
Título: Oitavo

Foi um cardeal africano, cotado durante dois conclaves para ser o novo papa, que apresentou um estudo que defendia a instituição de mais um pecado capital, algo que representasse melhor os tempos atuais: a indiferença. Mas ninguém lhe deu atenção.

DESAFIO EXTRA: TEMA “SMS”

Pseudônimo: Hitchcock
Título: SMS

kd vc?
naum eh nd blz vc m fz :’( 
axo q vc tb tah : (
xau
chaudades 
S2

MINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINIMINI

NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA, ESTAREMOS DIVULGANDO OS COMENTÁRIOS E NOTAS DOS JURADOS, BEM COMO DOS MENOS VOTADOS, OS QUAIS IRÃO PARA O CAMPO PLATÔNICO. FIQUEM DE OLHO!

AUTORES S/A
PATROCÍNIO: EDITORA PENALUX / SELO MICROLUX


21 comentários:

Este comentário foi removido pelo autor.

Gostei de alguns, mas o mais constrangedor foi o de J. Monterroso, na maior cara de pau o sujeito surrupiou o argumento de "Amour", de Michael Haneke. Pirataria é crime.

Ramon Rufo, Castel, Quartzo Rosa e Hitchcock.

Olá!

Michele Pupo, por favor, só para alertá-la: vote em um integrante da equipe Rapidinhos também, para que seus votos possam ser computados. Obrigado!

Lohan

Este comentário foi removido pelo autor.

Em tempo:

"Rapidinhos": Ramon Rufo

Na equipe "Os contidos", ANIMA BREVIS é, sem dúvida, o melhor: texto elegante e bem trabalhado.

Na equipe "Insólitos" fico com RÉGIS GUERRA. A meu ver, ele conseguiu unir humor, concisão e narratividade ( com tiradas líricas), características essenciais em um miniconto!

E finalmente, na equipe "Max Minis", voto em Juliano Monterroso pelo vocabulário lapidado, cuidadoso.

Ramon Rufo e Castel e Regis Guerra e Juliano Monterroso.

PAR - PT

Verdade Pablito, o conto do japa é o final de Amor.

Equipe Rapidinhos: Flora Medeiros
Equipe Contidos: Anima Brevis
Equipe Insólitos: Quartzo Rosa
Equipe Max Minis: Ana Lina

Equipe Rapidinhos: Ramon Rufo
Equipe Contidos: Anima Brevis
Equipe Insólitos: PRESSUPOSTO EPISTEMOLÓGICO
Equipe Max Minis: Hitchcock





Obs.: Em uma etapa anterior copiaram Stanislaw Ponte Preta, agora, Michael Haneke, mais originalidade pessoal.

Ramon Rufo e Castel e Regis Guerra e Juliano Monterroso.

Bom dia!

A pedido do escritor Dante Pincelli (pelo Facebook), haja vista sua dificuldade em concluir sua postagem aqui, viemos transmitir sua mensagem e votos:

"Voto com o relator Paulo Acacio Ramos: Ramon Rufo, Castel, Regis Guerra e Juliano Monterroso. Juliano Monterroso, 'não se atrase para o jantar', genial!".

Dante Pincelli, O Velho.

Boa tarde,

Papai do céu existe. E como perito moderno em conjunções adversativas que sou, digo “só que não”. Nem temático, nem teimando. Os organizadores expuseram com vigor palavras como “decisivo”, “fase final”. E nesse “round”, o nocauteado fui eu.

Como salvar textos que devem, eu escrevi devem, ser sucintos, e se prestam a tangenciar teses de mestrado? Como orar pela alma de um autor quando ele faz rima pobre em prosa lacônica? Ora bolas, o certame é de que mesmo?

Os organizadores poderiam montar um brechó de clichês, de tantos que transbordam neste espaço. Trocadilhos do tipo “hábito” de convento e costume, te adoro e teodoro (com cinco anos de idade fiz esse gracejo com tio Teodoro)... Textos potencialmente bons, escritos de modo caótico. Pois é aí que habita o escritor: aquele que sabe extrair do emaranhado de palavras a tal literatura. “Trouxeste a chave?”.

Os integrantes da Equipe Insólitos foram disparadamente os piores da leva. Eu diria até de todo o certame, pelo o que já tenho lido. Retiro o que disse sobre Pressuposto Epistemológico na última leva, neste espaço. Quanta decepção. Regis Guerra teve a audácia de rimar SOS com SMS. Quartzo Rosa tentou “rasgar o horizonte” e rasgou foi é minha paciência como leitor disposto a descobrir bons autores neste país. Horripilante.

Os azulzinhos, que agora esqueço o nome da Equipe, abusaram do erotismo. Fosse o tema “Erótico”, teriam abusado do pornográfico. Nada como uma leitura barthesiana para enquadrar esses autores desinteressados... Aconselho que retirem a censura da TV por assinatura de vocês. Ou, se preferirem, a partir da meia-noite, o Canal Brasil apresenta o melhor dos anos dourados.

Os menos piores se destacam entre Os Contidos e a Equipe da jurada Leila Míccolis. Não posso deixar de, após uma leitura mais retida, congratular os autores Castel e Ana Lina. Há beleza, há literatura. Meu faro crítico aponta ambos competidores como favoritos da competição. Anima Brevis, tragável. Não posso dizer o mesmo do Rerman. Quanta lorota pra pouca cota.

E que diabo foi aquele último texto? Esse Hitchcock é de Sessão da Tarde... Meu faro crítico não falha.

Passando a régua: Castel, Ana Lina... (tem mesmo que escolher mais alguém?)... Pressuposto Epistemológico e Ramon Rufo.

Eu volto. Aguardem.

Cordialmente,

F.N.V

Apareceu a Margarida, olê, olê, olá...

Felipe Neto Viana

Só a título de curiosidade, eu gostaria de conhecer textos de sua autoria que sejam sucintos, bons e literários. De preferência, com a mesma temática que foi proposta aos participantes deste concurso.
Acredito que alguém que aprecia tanto a crítica literária, deve possuir o mesmo talento para superar os autores que minimiza.
Certamente conhece as correntes teóricas que norteiam o trabalho de um bom crítico ( a Semiótica, a Estilística, a crítica biográfica, a historiografia, etc.) e não nos decepcionará com uma produção de cunho próprio.
Terei prazer em aprender com você.

Um abraço
Michele Pupo

Felipe Neto Viana
chamaria-o de sacana
mas a rima leviana
não seria tão bacana.

Zé da Rima

Zé da Rima e Michele Puppo, seus lindos!

Michele, ele é como aqueles críticos musicais que não tocam nada. Além do que, o trabalho dele nada deve valer, pois fica aqui fazendo-0 de graça, sem ter sido contratado para tal. Uma pessoa muito amarga, parece ser.

Amanheceu manequim!rs. Boa

Muita sem vergonhice em uns temas aí. Prefiro concurso de poesia. Gostei mais do Ramon Rufo, Pressuposto Epistemológico, Ana Lina e Anima Brevis.

Bené.

Boa tarde!

Excepcionalmente hoje, nesta quinta-feira, iremos publicar os resultados mais cedo: às 14:30 horas. Portanto, quem quiser votar em seus preferidos, pelos comentários, resta pouco tempo! Às 14:00 horas iremos encerrar as votações por aqui, para incluirmos a pontuação bônus no somatório geral.

Boa sorte a todos!
Autores S/A

Postar um comentário

Dê a sua opinião!
Mas LEMBRE-SE: comentário de conteúdo ofensivo será eliminado do blog.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More